Unidade - Família, Esposa e Templo

                       UNIDADE - FAMÍLIA, ESPOSA E TEMPLO

“Assim já não sois estrangeiros, nem forasteiros, mas concidadãos dos santos e membros da família de Deus, edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, sendo o próprio Cristo Jesus a principal pedra angular. Nele, todo edifício bem ajustado cresce para templo no Senhor. E nele também nós juntamente somos edificados para morada de Deus no Espírito”. (Ef 2:19-22)

     Esse texto é extremamente maravilhoso porque reúne nele o propósito de Deus na vida dos seus filhos. Nossa relação completa com o Pai como Sua família, participantes da sua natureza através da união com Cristo e, ao mesmo tempo, templo para a habitação eterna dele em nós através do Seu Espírito. Nós nele e Ele em nós completamente. O que possibilita essa poderosa realidade é a nossa união com Cristo; juntos estamos sendo unidos uns aos outros e todos a Cristo. Edificados sob o modelo perfeito de Cristo, que é o fundamente dessa maravilhosa construção. A união do corpo ao Cabeça; a junção das pedras à pedra viva angular. Nunca se tratou de uma construção individual, mas coorporativa. Definitivamente o evangelho não trata de outro tema, senão a restauração da comunhão perdida do início com Deus e com o próximo. Jesus veio para restaurar a nossa comunhão com Deus e através disso entendermos a realidade do seu poder e sua glória em nós, que se expressa no amor uns pelos outros. O amor é o vínculo da perfeição! A nossa vida com Deus não pode somente ser expressa em serviços, ou qualquer atividade, mas, fundamentalmente, em amor! Um ambiente de família é um ambiente de amor. Deus nos chama para que possamos fazer parte da sua família. Estamos sendo edificados porque Deus deseja ter filhos que o agradam aos quais Ele possa chamar de Sua família.

     Somos a Esposa de Cristo. Uma esposa que está sendo unida no propósito único de viver pelo Esposo. Uma igreja em unidade é uma igreja que vive olhando para Ele somente, o autor e consumador da nossa fé (Hb 12:2). A unidade nos leva a olhar para o mesmo objetivo, e esse objetivo não são coisas; não é um lugar; não é obtenção de benefícios; o nosso objetivo não é nada mais que UMA PESSOA, Cristo. A igreja, como Esposa, está sendo unida ao propósito do encontro pleno com Cristo. Uma vez que aguardamos a sua manifestação gloriosa, devemos estar crescendo no conhecimento dele. Cada dia mais, de glória em glória, somos edificados por Ele, através Dele, para que finalmente possamos ser apresentados a Ele! Aprouve a Deus que Seu Filho tivesse uma Esposa gloriosa, a qual, tem autoridade hoje e caminha para partilhar de toda a sua autoridade e de toda a Sua Glória.

     Somos o Templo do Espírito Santo. A glória decidiu habitar em vasos de barro, para que esses vasos de barro pudessem, de dentro para fora, serem formados no caráter de Deus, expressarem juntos a imagem do Seu Filho nessa terra. Mais que um testemunho particular e pessoal, somos chamados para testemunhar como Corpo! Um testemunho particular pode ter grande poder, porém, o testemunho do Corpo é um ambiente de glória! Unidos uns aos outros em amor, estamos sendo edificados para morada de Deus no Espírito. As pedras estão sendo trabalhadas particularmente; estão sendo unidas umas as outras, sustentadas pela principal; e no final de tudo, Ele será tudo em todos (I Co 15:28).

     Uma família para Deus; uma Esposa para Cristo e um Templo para o Espírito Santo. Deus será tudo em nós e nós seremos completos em Deus! O que vivemos aqui nessa era é apenas um ensaio da grande obra que está para ser revelada. As pedras estavam espalhadas e o Senhor teve como propósito juntá-las para estabelecer a Sua gloriosa vontade em nós. O tempo hoje é de se entender que edificação trabalha junto com unidade e a unidade é o ambiente da manifestação da glória de Deus. Seja um guerreiro pela unidade de todo o Corpo. Deus nos abençoe!   

 

Pr Marcos Reis