Discipulado de Cristo - O verdadeiro crescimento

                     O DISCIPULADO DE CRISTO – O VERDADEIRO CRESCIMENTO

“Basta ao discípulo ser como o seu mestre..." (Mt 10:25).

     O verdadeiro discipulado é estabelecido em levar pessoas a Cristo; levar pessoas à paixão por Ele. O maior desejo de um homem verdadeiramente chamado por Deus para o ministério, é que as pessoas amem cada dia mais o nosso Senhor Jesus; que olhem para Ele, que entendam a realidade da nossa total inexistência fora de Cristo. Todas as coisas foram feitas por Ele e sem Ele, nada do que foi feito existe.  Ele é a nossa cobertura e o nosso fundamento, o Cabeça do Corpo, que bem ajustado, com o auxílio de todas as juntas, cresce na edificação em amor. Todos em submissão a Cristo, amando e cuidando uns dos outros é aquilo que fará com que a glória de Deus seja revelada.

“Antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é o cabeça, Cristo, do qual todo o corpo bem ajustado, e ligado pelo auxílio de todas as juntas, segundo a justa operação de cada parte, faz o seu próprio aumento para a edificação de si mesmo em amor”. (Ef 4:15-16)

     O discipulado é estabelecido para gerar o nosso crescimento, o crescimento do corpo de Cristo. E é exatamente neste ponto que as divergências do que realmente significa o discipulado de Cristo aparecem. Que crescimento é esse? Não pode ser tido apenas como um crescimento individual nas áreas seculares ou terrenas, embora saibamos que estas coisas acontecerão como consequência do verdadeiro crescimento no Senhor. O verdadeiro discipulado aponta para nossa conformação a Jesus. É isso! Ele está nos levando, a cada dia, a sermos seus imitadores. “Sede imitadores de Deus, como filhos amados” (Ef 5:1). A um discípulo de Jesus, basta ser como Ele é.

     Basta ao discípulo ser como o seu mestre. Precisamos entender que nada nesta terra poderá nos satisfazer. Nenhuma riqueza pode preencher o propósito para o qual fomos criados. Um discípulo não precisa de absolutamente mais nada, senão, ser transformado à imagem de seu Senhor. Nosso crescimento não pode ser medido pelos sucessos que temos no dia a dia no que diz respeito ao relacionamento com esse mundo; mas, fundamentalmente, na realidade de estarmos crescendo na transformação e direção ao modelo aprovado por Deus no Seu amado Filho! Somente quando a vida dele em nós começa a nos transformar de dentro para fora, é que a sensação de satisfação começa a nos preencher. Como é triste ver que muitos focando um suposto crescimento individual, têm se tornado cada vez mais tristes e perdidos. Definitivamente não têm entendido o real sentido do discipulado.

     Paulo fala aos coríntios algo muito ousado: “Sede meus imitadores, como também eu sou de Cristo” (I Co 11:1). Numa sociedade religiosa que diz: “não olhem para mim, olhem para Deus”; o Senhor quer levantar homens que expressem a Sua vida nesta terra; que sejam a representação de Cristo nesta terra. Ele foi elevado aos céus, enviou seu Espírito, para que o seu corpo, continuasse seu trabalho. Exatamente como Ele fez, nós somos chamados a fazer; exatamente como Ele viveu, nós somos chamados a viver; exatamente como Ele amou, nós somos chamados a amar. O Senhor está levantando filhos corajosos que sabem que o verdadeiro discipulado é manifestar a vida de Deus através dos seus corpos. Mais que teorias religiosas ou conhecimentos de ciências humanas, é a vida de Deus sendo transbordada através dos verdadeiros discípulos de Cristo.

     Um verdadeiro discípulo de Cristo sabe que a única coisa que realmente é necessária para ele é que ele seja como o seu mestre. Que possamos seguir a carreira de, a cada dia, sermos conformados a Cristo. Este é o verdadeiro discipulado. Este é o verdadeiro crescimento. 

Pr Marcos Reis