O Rei está Voltando - As Virgens

 

                                                   O REI ESTÁ VOLTANDO - AS VIRGENS

Então o Reino dos céus é semelhante a dez virgens que, pegando as suas lâmpadas, saíram ao encontro do Noivo. Cinco eram insensatas e cinco prudentes” (Mt 25:1-2)

     Cada dia que passa tenho sido mais e mais impactado e ensinado através dessa parábola. Leio, e quando vejo, o Espírito Santo está levando de novo e de novo ao texto: a semelhança do Reino dos céus às noivas, às virgens.

     Muito claro! Qual é a noiva que entra? Qual a noiva que fica de fora? Os dois grupos são noivas, ou seja, receberam a 1ª visita do Noivo. Os dois grupos saíram para o encontro do Noivo! Claramente não se trata aqui do “mundo” e da “igreja”. Está muito claro aqui que todas as virgens são a igreja. As virgens são pessoas que foram escolhidas pelo Pai, receberam o dote, receberam o contrato que é a Palavra de Deus, fizeram um compromisso, tomaram a decisão de casar com Ele, prometeram ser fiéis, tomam o cálice da Aliança! Meu Deus! Ainda assim ficarão de fora! Por que? Porque não se prepararam adequadamente para a volta do Noivo! Enquanto o Noivo foi “preparar lugar” ficaram desapercebidas. Todas tiveram as lâmpadas cheias na 1ª Vinda. Encher a vasilha era o trabalho depois que o Noivo foi embora. Acender a lâmpada foi obra do Noivo, mas ele deixou a tarefa de encher as vasilhas... Cinco fizeram, cinco não!

     Todas saíram ao encontro do Noivo. Hoje, 100% do que conhecemos como Igreja tem a certeza absoluta de que serão Esposa de Cristo e reinarão com Ele. Na sua própria visão, as cinco imprudentes, estavam plenamente preparadas! Irmãos, elas não teriam saído ao seu encontro se não julgassem a si mesmo preparadas! Talvez não leram o contrato direito, não entenderam as instruções do Noivo. Acham que só porque um dia Ele foi à sua casa, estão garantidas! Elas saem para O encontrar! Têm a certeza de que serão aceitas! Acontece que o Noivo demora. Nós sabemos pela Palavra que a demora do Noivo nada mais é que um ato de amor, de misericórdia: Ele está dando tempo para que a Noiva entenda, se volte para o contrato, que é a Palavra de Deus, se lembre dos presentes que ganhou, e finalmente se prepare adequadamente. Ele demora, não porque perdeu a hora ou o interesse, mas porque quer que a Noiva esteja pronta! Será uma tristeza para Ele, não levá-la. Ele gostaria muito de levar a Noiva exatamente como a conheceu no princípio. Ele demora. “Demorou o Noivo a chegar, e todas dormiram” (Mt 25:5). “A meia noite, porém, ouviu-se o grito: Aí vem o noivo!” (Mt 25:6). Todas acordaram! Aquelas que tinham óleo em suas vasilhas, mesmo tendo dormido por causa da demora, não ficaram de fora! Para as insensatas, era tarde demais! Por que esse grito de “Aí vem o Noivo” não foi dado um pouco antes da meia noite? Diriam as imprudentes! Afirmam com a mesma certeza que tinham que estavam preparadas: Se eu tivesse ouvido antes que o Noivo viria, teria me preparado!

     Nós estamos ouvindo o grito de que o Noivo vem. Muitos não entendem! Porque esse grito não é um grito audível aos ouvidos, mas sim ao coração! Não tenha dúvida! Ele está avisando! Quem tem ouvidos ouça! 

Pr Marcos Reis