Regiões Celestiais-Benção Ambiente Glória e Guerra

                    REGIÕES CELESTIAIS – Benção, Ambiente, Glória e Guerra.

     Há uma necessidade tremenda da nossa geração entender qual a real diretriz que deve reger a nossa vida em Deus. Definitivamente, o Senhor não tem chamado os seus a viver uma vida aquém do propósito que Ele mesmo estabeleceu. O Senhor não nos chamou para sermos regidos pelos interesses terrenos. Nosso chamado é grande; por isso, somos convocados a “subir” em Deus. Moisés recebeu a revelação que mudou a vida de Israel quando subiu ao cume do monte; Davi escolheu o lugar mais alto de Jerusalém para estabelecer a casa de Deus; Israel teve a experiência do “cântico dos degraus” que terminava com a visão da Casa de Deus; Habacuque profetizou que o Senhor “nos faz andar em lugares altos” e João recebeu do trono um chamado que dizia “sobe para aqui”. Necessitamos viver a experiência de subir os níveis que o Pai tem preparado para nós, entrar no novo e vivo caminho que o Filho Amado consagrou.

     Num dos livros mais profundos e densos do NT, a carta de Paulo aos efésios, o apóstolo anuncia de uma forma muito clara o lugar o qual recebemos a verdadeira BENÇÃO: Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nas regiões celestes em Cristo(1:3) ; o AMBIENTE em que já vivemos com Cristo: e nos ressuscitou juntamente com ele, e com ele nos fez sentar nas regiões celestes em Cristo Jesus” (2:6); aonde manifestaremos a GLÓRIA preparada para aqueles que amam o Senhor, Sua Igreja, que manifesta a multiforme sabedoria de Deus: “para que agora seja manifestada, por meio da igreja, aos principados e potestades nas regiões celestes (3:10); e onde, de fato, são travadas todas as nossas guerras: pois não é contra carne e sangue que temos que lutar, mas sim contra os principados, contra as potestades, conta os príncipes do mundo destas trevas, contra as hostes espirituais da iniquidade nas regiões celestes(6:12). Espanta, diante de tudo isso, do nosso chamado em viver nas regiões celestes, como muitos crentes ainda vivem focados nas coisas desta terra, regidos por suas leis; esperam vitórias sobre guerras, mas lutam no ambiente errado.

     Reinamos com Cristo nessa terra, em realidade e aguardando a manifestação, governando como Esposa, juntamente com Ele, por isso, devemos entender que, tão importante quanto esperar a sua volta, necessitamos, hoje, subir até a Sua gloriosa presença, esta é a verdadeira benção; definitivamente nos posicionarmos no ambiente ao qual fomos chamados, manifestando a Sua glória, revelando a Sua sabedoria e vencendo as todas as guerras e inimigos que se levantarem contra nós. As regiões celestiais é o nosso lugar! A verdadeira igreja vive nessa atmosfera. 

     Se não nos posicionarmos desta forma, deixaremos as regiões celestiais governadas pelos principados e potestades. Ocupar o nosso lugar, tomar posse do chamado! Quando subimos, as hostes espirituais da maldade têm que descer. Subir não é uma opção, é um chamado, uma obrigação, se queremos entender e viver a perfeita e maravilhosa vontade do Pai.

     Que possamos viver nas regiões celestiais, que a subida não seja um evento apenas do futuro, mas que já seja realidade no nosso presente.

Deus nos abençoe!

Pr Marcos Reis