Ester - Israel e o Reino - Socorro e Livramento

 ESTER – ISRAEL E O REINO – SOCORRO E LIVRAMENTO

“Pois se de todo te calares agora, socorro e livramento de outra parte virá para os judeus, mas tu e a casa de teu pai, perecereis. E quem sabe não foi para tal tempo como este que chegaste ao reino?” (Et 4:14)

     Nós sabemos que o livro de Ester é um relato histórico verdadeiro e também uma profecia a respeito dos planos de Deus para o reino e para a nação de Israel. Há dois assuntos que a Igreja deveria entender com muita clareza: Israel e o Reino. Israel é aquele, que por ter rejeitado o Messias, na sua primeira vinda, perdeu a possibilidade de, como nação, ser a Esposa, Israel perdeu o reino dos céus! Deus tirou de, entre os gentios, um povo para que fosse chamado pelo seu nome, porém, depois que esse povo estiver pronto, voltará para restaurar a nação de Israel com o objetivo de alcançar com o seu amor, todas as nações da terra. “Simão contou como primeiramente Deus visitou os gentios, para formar dentre eles, um povo para o seu nome. E com isto concordam as palavras dos profetas, como está escrito: Depois disso voltarei e reconstruirei o tabernáculo de Davi que está caído. Levantá-lo-ei das suas ruínas, e voltarei a construí-lo para que o restante dos homens busque o Senhor, sim, todos os gentios sobre os quais o meu nome é invocado, diz o Senhor que faz todas as coisas” (At 15:14-17). Nosso Deus é um Deus que não desiste de amar o perdido e o pecador! O amor de Deus é incondicional, o amor de Deus jamais acaba. Um dia, nossos olhos verão todo o joelho se dobrar diante do Senhor para a glória de Deus o Pai! Todas as nações da terra sendo alcançadas por esse amor.

     Ester alcançou o reino, e igualmente, Deus está tirando do meio do povo de Deus, um remanescente fiel, que já tem vivido o reino em sua realidade hoje. De uma quantidade grande de virgens formosas, Ester foi a mais formosa de todas, e por isso chegou ao reino. Sua beleza, sua submissão ao tratamento que lhe foi ministrado, lhe colocou numa posição de honra ao lado do Rei. Igualmente, os santos da igreja têm sido chamados para estar diante do Rei Jesus, o Rei dos reis. “E nos ressuscitou com Ele, nos fazendo assentar nas regiões celestiais em Cristo Jesus, para mostrar nos séculos vindouros as abundantes riquezas da sua graça, pela sua benignidade, para conosco em Cristo Jesus” (Ef 2:6-7). Há um propósito para que tenhamos alcançado o reino! E esse propósito está muito claro: Manifestar a glória de Cristo, as abundantes riquezas do nosso Senhor e sua benignidade. Quem está numa posição de reino não pode se calar! Está ali para um propósito específico.

     O Senhor está levantando nesses últimos dias, uma igreja santa, que estará sempre em posição de assumir sua condição no reino. Uma igreja que conhece suas responsabilidades; que sabe o propósito de estar alcançando a intimidade com Cristo. Quanto mais íntimo formos do Senhor, mais entenderemos a responsabilidade que nos foi confiada! Se nos calarmos, socorro virá de outra parte, mas, temos a certeza, que foi exatamente para isso, que o Senhor nos colocou na sua gloriosa presença!

     Dentre as demais responsabilidades da igreja, é de imensa importância que oremos por Israel! A grande maioria da igreja brasileira hoje não tem a mínima noção dos fatos a respeito de Israel! Deus está nos colocando na brecha para sermos intercessores, guerreiros, que por terem acesso ao rei, podem clamar para que Israel seja alcançado. O cetro do rei tem se voltado para nós e precisamos chegar com ousadia à Sua presença!

     O reino dos céus e Israel. Esse é o assunto principal de toda a Bíblia! A Esposa de Cristo, a Nova Jerusalém é o seu tabernáculo que estará no meio dos homens. “Vi também a cidade santa, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu, ataviada como uma noiva para o seu noivo. E ouvi uma voz que dizia. Agora o tabernáculo de Deus está com os homens. Deus habitará com eles, e eles serão o seu povo, e o próprio Deus estará com eles e será o seu Deus” (Ap 21:3-4). Israel sempre será o povo de Deus. Juntos, A Esposa e Israel, manifestando nessa terra a grandiosidade do Deus Todo Poderoso em seu glorioso reino! “Farei com eles uma aliança de paz, será uma aliança eterna. Eu os estabelecerei e os multiplicarei; e porei o meu santuário. O meu tabernáculo estará com eles, eu serei o seu Deus, e eles serão o meu povo. Então as nações, saberão que santifico Israel, quando estiver o meu santuário no meio deles para sempre” (Ez 37:26-28).

     Não se pode entender a profundidade da oração “venha o teu reino” sem entender o quanto Israel, quanto nação, faz parte desse grande propósito. Oremos agora por Israel! “Orai pela paz de Jerusalém. Prosperem aqueles que te amam”. (Sl 122:6). Deus nos abençoe!

Pr Marcos Reis