Os sinais do Reino - Amor

                                            OS SINAIS DO REINO - AMOR

O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor jamais acaba, mas as profecias cessarão, as línguas desaparecerão, o conhecimento passará, porque em parte conhecemos e em parte profetizamos. Mas quando vier o que é perfeito, tudo o que é em parte, será aniquilado.”        (I Co 13:6-10)

     O reino de Deus é um reino de amor! A Palavra de Deus diz: “Por tudo isso, te asseguro: o grande amor por ela demonstrado prova que seus muitos pecados já foram todos perdoados. Mas onde há necessidade de pouco perdão, pouco amor é revelado.” (Lc 7:47). Jesus disse isso a respeito de uma mulher pecadora que ungiu os seus pés na casa de um fariseu, com lágrimas e um vaso de alabastro. O fariseu, é claro, não entendeu e recriminou a ação da mulher. A religiosidade não pode entender o que é amor! Foi quando Jesus ensinou que a intensidade do amor é proporcional ao reconhecimento do perdão. Quando reconheço que devo muito, não tenho condições de pagar, e recebo o perdão de Deus, não tenho outra opção, a não ser amá-Lo intensamente, mais e mais.

    Nossa geração tem aprendido muitas coisas. Estamos na era da informação, do conhecimento, mas não podemos negar que também estamos na era da injustiça, e pior, da oficialização do errado como certo e do certo como errado. Mas, esta mesma geração, infelizmente tem se esquecido do amor. O amor que é a base do evangelho verdadeiro. De que vale as conquistas sem o amor? Nada, diz o texto. É como o metal que só faz barulho, oco, pode ser bonito por fora, mas é sem vida por dentro. O amor que se alegra com a verdade. Não há amor separado da verdade. Se alguém prega a verdade para você tenha certeza que esse alguém te ama. 

     Uma geração madura entende isso. Que o amor de Deus muitas das vezes se expressa exatamente em não fazer a vontade egoísta do homem. Quando vivemos e temos o amor de Deus em nossas vidas, somos completos. Tudo sofre, sem desistir, sem duvidar de quem é, sabe ouvir não, sabe esperar as portas se abrirem no tempo de Deus... Tudo crê, mesmo que as circunstâncias digam o contrário, mesmo que ao nosso redor haja pessoas torcendo contra, sabe quem prometeu, sabe que cumprirá! Tudo espera! No amor, o tempo é um detalhe, pois já somos plenamente realizados. Tudo suporta! Como precisamos aprender isso: Nunca nos foi prometido que não teríamos dores, mas que suportaríamos todas elas através do amor. 

     Precisamos resgatar o que é importante! O que é eterno precisa ser colocado no lugar do que é passageiro, o perfeito no lugar do imperfeito, o segundo no lugar do primeiro! A realidade em Cristo, no lugar das conquistas dos homens. A igreja santa e verdadeira do Senhor e aqueles a quem o Senhor chamar, viverão essa realidade. Nenhum homem, por mais forte, poderoso que seja, é completo. Tudo o que é terreno é “em parte”, mas aguardamos do céu, a vinda daquele que é perfeito, para que tudo o que é em parte seja finalmente aniquilado, e assim vivamos na eternidade, uma vida perfeita em amor através de Cristo Jesus. "Já somos filhos, mas ainda não é manifesto o que havemos de ser, mas quando Ele se manifestar, seremos semelhantes e Ele, porque assim como é nós o veremos." (I Jo 3:2). Que Venha o Teu Reino de amor! Deus te abençoe!!!

Pr Marcos Reis